10 Looks pra te dar coragem de usar amarelo

amarelo2

Se tem uma cor polêmica é o amarelo. Há quem ame, há que deteste, há quem saiba usar perfeitamente e quem ainda tem medo por não saber como combinar. Como o amarelo é mais uma tendência que vai ó BOMBAR no verão 2015, decidi trazer 10 looks incríveis (não necessariamente de verão, mas ok) pra fazer vocês perderem o medo de usar o amarelo e perceber que dá sim pra usar sem deixar o look baiano ou sem parecer uma banana. Então preparem-se e venham comigo pra brilhar:

amarelo

amarelo3

amarelo4

amarelo5

amarelo6

amarelo7

amarelo8

amarelo10

amarelo11

Podem perceber que tem muitos looks que o amarelo aparece bem discretamente só pra iluminar o look preto e branco, é um bom truque pra quem ainda tem medo de arriscar um todo amarelo ou misturar com outras cores. Gostaram dos looks, amores? Espero que tenha encorajado todas a quebrar o preconceito e o medo pra poder usar muito amarelo por aí! ❤

rebecachaves

 

DIY: Nada de tênis básico!

DSC07775

Todo mundo tem no armário aquele tênis neutro, coringa, basicão, que vai com tudo, não é? Acontece que hoje eu acordei cansada do neutro e decidi que precisava peruar meu tênis preto com cara de nada. Foi então que peguei alguns materiais e coloquei a mão na massa. E claro que registrei o passo a passo pra você aprenderem a fazer também. Acho super válido usar a criatividade pra transformar peças velhas que já enjoamos em peças diferentes, únicas, que nos fazem sentir como se tivéssemos algo novo no guarda-roupa. Enfim, pra aprender, vem comigo:

DSC07774

Vamos precisar de:

  • Um tênis básico (obviamente)
  • Retalho de tecido da cor ou estampa que preferir
  • Fita da cor ou estampa que preferir
  • Tesoura
  • Cola. (Eu sei a cola universal, mas vocês podem usar a de tecido, a de artesanato que funciona também)

DSC07776

Primeiro passo: Comece medindo a fita em volta da borda do tênis. Marque com a tesoura, cortando só um pedacinho.

DSC07777

Segundo passo: Corte esse pedaço da fita

DSC07778

Terceiro passo: Passe cola na fita, lembrando que é importante passar cola nos cantinhos da fita e não só no meio, pra ela fixar bem. 

DSC07780

Quarto passo: Com muita calma e cuidado cole a fita no tênis. Vá colando pedacinho por pedacinho pra ter certeza que não vai ficar torto. E aperte bem pra poder colar direitinho no tênis. 

DSC07781

DSC07782

Quinto passo: Pegue o retalho de tecido e coloque sobre a ponta do tênis. Meça bem onde vai cortar e mais uma vez marque cortando um pouquinho com a tesoura.

DSC07784

Sexto passo: Corte todo o pedaço que mediu, coloque sobre o tênis novamente e vá cortando as sobras nas laterais pra deixar bem certinho. E toma cuidado pra não cortar demais!

DSC07789

Sétimo passo: Coloque sobre o tênis mais uma vez para certificar que ficou do tamanho certo.

DSC07790

Oitavo passo: Coloque cola no pedaço de tecido, lembrando mais uma vez de passar bem nas pontinhas pra colar direito.

DSC07791

Nono passo: Cole o pedaço de tecido sobre o tênis e aperte bem pra poder colar bem.

DSC07793

Décimo passo: Deixe secar para garantir que nada vai cair pelo caminho quando você desfilar com o tênis por aí!

Feito esses passos…*TCHARAAAAN*: seu tênis está de cara nova e pronto pra arrasar.

DSC07798

DSC07799

E aí, meus amores, o que acharam? Bem fácil, não? É ótimo colocar pra fora toda nossa criatividade e dar uma nova carinha pra coisas que estão no nosso armário que já não nos agradam mais. Meu tênis antes tinha um ar meio masculino, agora está bem rocker e feminino. Amei e espero que tenham gostado da dica também! Comentem o que acharam, ok? E se fizerem em casa me mostrem. ❤

<

p style=”text-align:left;”>rebecachaves

Dica da Rebs: Suéter para os dias de meia estação!

DSC04423

Sabe aquele trágico dia em que está sol, porém não dá pra ficar sem blusa porque está frio? Quando não está nem quente demais, nem frio demais? Que a gente tira a blusa sente frio, coloca a blusa fica com calor? Pois acabaram-se os problemas! hahah Trouxe pra vocês uma dica de um suéter pra dias assim.

Pegue um suéter (tem que ser de lá ou de algum tecido fácil de cortar, ok?), passe em algum armarinho para comprar fitas de cetim (pode ser grossa, ou fina, tu que decide). Vá na caixinha de costura e pega linha, agulha e mão na massa!

passo 1 blusa

Comece marcando cerca de dois dedinhos (se você tiver dedo pequeno kkk, caso contrário meça apenas um dedo) e marque com uma canetinha. Dê um pequeno corte com a tesoura, pra marcar bem e a partir desse corte trace com a canetinha o traço de onde você vai cortar. Quanto mais aberto for o corte mais caída será seu suéter! Depois passe a tesoura sobre o traço de canetinha!

passo 2 blusa

Agora chegou a hora mais chatinha: costurar. Se você não manja muito, peça pra alguém te ajudar nessa parte, só não se machuque com a agulha, pelo amor! Corte um pedaço de fita de cetim para fazer a alça (aconselho a medir bem a altura da fita no seu ombro pra blusa não ficar muito pra baixo ou muito pra cima). E aí é só costurar a fita na parte da frente e na parte de trás do suéter (conte quatro dedinhos depois do ombro pra marcar onde vai ficar a alça). E TCHARAN: seu suéter de meia estação está pronto!

DSC04448

O legal é brincar com as cores. Dá pra fazer alça da cor que você quiser e que contraste com as cores do suéter, fica bem bacana!

DSC04442

DSC04445

DSC04446

DSC04453

E aí, gostaram da dica de hoje, meninas? Tentem fazer em casa e me mandem fotos que eu quero muito ver como ficou. Espero que todas fiquem lindas por aí com suéter de meia estação! ❤

despedida de posy

Dica da Rebs: Válvulas de escape

Todos nós, meros seres humanos passamos por semanas difíceis, tensas, cheias de afazeres e preocupações. Me encontro em uma dessas semanas. São provas, trabalhos, além de problemas e preocupações pessoais. São semanas com certeza muito difíceis e parece que quando terminam só precisamos de um descanso e talvez passar uns dias na lua. Como ir pra lua não é assim tão fácil eu decidi compartilhar com vocês quais são as minhas válvulas de escape em semanas assim. Explico: vou mostrar pra vocês o que eu faço quando essas semanas acabam, pra eu poder me recompôr e pra esquecer de tudo que me estressou e me preocupou. Comigo funcionam e muito, viu? E minha dica de hoje é justamente essa: quando tudo apertar e você parecer não suportar mais o peso dos dias busque uma luz, em Deus, em quem te ama, em coisas que te fazem feliz e que te fazem bem, tanto pro corpo quanto pra mente e o coração.

 

valvula de escape

1- Assistir filmes cor de rosa: Filmes cor de rosa (saudades Nanda que me ensinou essa linda forma de chamar filmes fofinhos de menininhas) são, como eu já disse, esses filmes de menininhas que todos acham que são imbecis mas que eu amo muito porque me divertem, me encantam e me inspiram muito! Gosto de assisti-los quando quero esquecer meus problemas da vida e só sentir inspiração e fugir para um mundo mais fofo do que esse mundo real que eu tento tornar fofo. Enfim, em breve, se vocês quiserem faço uma lista dos filmes cor de rosa que eu mais amo assistir. É só vocês pedirem em comentários ou no face, ok?

2- Conversar com Deus: Esse na verdade deveria estar em primeiro lugar. Sou católica convicta e cheia de fé, por isso sempre converso com Deus. As vezes confesso que falho nas orações mas busco falar com Ele todos os dias e quando me sinto mal, angustiada, estressada ou prestes a enlouquecer é aí que eu converso com Ele mais ainda. Peço pra que Ele me dê forças pra aguentar a semana, que Ele me livre dos problemas e que eu possa estar com o coração cheio de sentimentos bons. Respeito a religião de todos, mas independente de qual é sua religião é sempre bom rezar, renovar o espírito e deixar que a sua fé possa te salvar das semanas duras de lidar.

3- Ler um bom livro: Livros nos levam para outras dimensões, para outros mundos e nos fazem sentir parte de toda a história, por isso são uma das melhores formas de “fugir” da confusão e da correria dos dias. Ler é sempre esquecer da vida e do que nos pesa.

4- Conversar e rir com a mamis: Minha mãe é minha melhor amiga, aliás todas as mães deveriam ser as melhores amigas de suas filhas. Quando converso com a minha mãe é sempre diversão e libertação. Eu desabafo, ela me aconselha, me mostra o caminho e faz parecer que tudo é mais simples do que parece, afinal quando se tem 17 anos qualquer garoa parece tempestade. E a gente sempre acaba rindo juntas e aí eu esqueço o quanto tô cheia de problemas. Então deixo a dica: não existe ninguém no mundo que possa te entender e te ajudar mais do que sua mãe, já que ela sempre (mesmo que não demonstre da melhor forma) vai querer seu bem.

5- Escrever sobre o que sinto: Quando escrevo parece que eu tiro de dentro de mim todas as minhas angústias, tristezas, preocupações e o que mais estiver incomodando meu coração. É escrevendo que a gente torna nossos pensamentos concretos e nós mesmos achamos uma esperança para tornar tudo melhor. Lembrem-se que palavras têm poder!

6- Estar com o Gui: Pera, esse nem precisava de descrição, né? Tem coisa melhor do que estar com quem a gente ama? Sei que não é momento pra melequices, mas eu amo estar com o Gui, poder rir com ele, conversar com ele, receber e dar muito carinho. Sentir-se amada é a melhor coisa da vida e com certeza nos afasta dos problemas. Sem contar que quando estamos juntos é sempre diversão garantida já que somos loucos.

7- Montar posts para a Estação 7: O blog me move, me restaura, me motiva sempre. Montar posts e me dedica à essa estação me traz alegria e satisfação. É uma das formas mais deliciosas que eu tenho de esquecer da vida.

Bom, meus amores, essas são algumas das minhas válvulas de escape, as formas como eu fujo das turbulências dessa vida doida. Quais são as válvulas de escape de vocês? O que vocês costumam fazer para se livrarem dos problemas do dia a dia? Me contem que eu quero muito saber! ❤

despedida de posy