Dica da Rebs: Laço na camisa com fita de cetim!

A dica de hoje é simples e prática, só pra deixar aquela sua camisa básica com um detalhe a mais, que dá um toque muito mais especial. 

Sabem como sou viciada em fitas de cetim né? Simplesmente porque são baratas (cerca de 0,40 centavos o metro as mais baratinhas e algumas chegam a 2 reais o metro.)  e tem umas mil utilidades, além do fato de que deixam tudo mais delicado. E acho importante mostrar pra vocês as várias formas que eu acho de usar as fitas de cetim, por isso a dica de hoje. 

Basta pegar um fita, de uma cor que converse com a paleta de cores do look, e fazer um laço na gola da sua camisa. Fica chique, fino e não sai naaaada caro. 

DSC07567 DSC07568DSC07569E aí, o que acharam da dica de hoje? Se usarem fita de cetim de alguma forma me mandem, porque amo inspirações. Aliás, o que acham de post ou até um vídeo falando só sobre as fitas, onde compro, quanto pago, mostro a coleção atualizada e ainda algumas formas de usar? Vocês gostariam? Me contem! ❤

despedida de posy

Dica da Rebs: Manual do look diário em 7 dicas!

Olá, meus amores! Hoje eu trouxe uma dica que na verdade não é apenas uma mas um conjunto de dicas, ou seja: um manual. Esse post é um teste que estou fazendo porque quero trazer muitos outros posts nesse formato pra vocês, então se curtirem teremos muitos outros. Enfim, vamos ao assunto das dicas de hoje.

Pra tudo nessa vida temos que nos vestir. Um encontro, um jantar, uma reunião, uma festa, um casamento, um passeio no parque, um churrasco em um sítio e por aí vai, mas e quando o assunto é vestir-se para o dia a dia? O look para o trabalho, para a escola, para a faculdade, que também deve servir pra consulta no dentista mais tarde e para qualquer surpresa que apareça. E com certeza você já escutou esse discurso por aí, mas infelizmente terei que repeti-lo: a imagem que você passa chega através da roupa que você veste antes da palavra que você diz. O que quero dizer é que a imagem que você passa começa com a forma como você está vestida, antes de qualquer coisa. E não adianta dizer que as pessoas não nos julgam pelo que vestimos porque julgam sim, e isso não quer dizer que estamos todos privados de usar o que gostamos por conta da opinião alheia, mas que devemos estar atentos ao que nossa roupa dia ao mundo sobre nós mesmos. Essa batalha começa em qual look? No que você veste hoje, no look do dia a dia, no que deveria ser básico de acordo com…de acordo com quem mesmo? Então a gente só se produz pra sair a noite ou mais ainda, no fim de semana? Esquece essa regra boba que tem tornado nossa maneira de se vestir tão chata. Chegou a hora da revolução. Compreenderemos a partir desse manual (ou não manual) que se vestir é uma arte prazerosa e não futilidade como a maioria da humanidade julga. Goste você de moda ou não, leia até o fim, prometo que valerá a pena.

1- Qual o seu estilo?

Eita pergunta chata de responder. Aí vem aquela resposta clichê -” ah, varia com o meu humor” – porque não temos outra definição melhor e mais objetiva do que exatamente essa, não é mesmo? Mas que coisa irritante eu ter que definir meu estilo. Tem dias que acordo no pique da Bahia e quero uma roupa super despojada e fresca pra enfrentar o dia, tem outros que acordo toda Taylor Swift no maior romantismo e doida pra sair toda menininha de saia rodada, e ainda há os dias em que acordo de bem com a vida mas com a Amu Winehouse no corpo toda doida por uma make carregada e um look agressivo. Por isso vamos começar nos libertando dessa imposição de que estilo é esse ou aquele. Estilo é a forma como você compõe um look, seja misturando o rock com o romântico, ou o étnico com o lady like. Estilo é próprio de cada um mas não tem que ser definido por uma única palavra. Vai além disso.

manual diário11

manual look diário

2- Mas e se eu não tenho estilo?

Todos nós temos estilo, só que alguns ainda escondem isso de si mesmos. É preciso, para que se descubra o estilo que há dentro de você, uma compreensão de si mesma e isso só é possível testando, numa conversa íntima sua com você mesma. Experimente peças, cores, combinações, acessórios, estampas. Vá em busca de combinações, dentro do seu armário, que nunca havia tentado antes, se olhe no espelho e pergunte: me sinto bem assim?  E com a prática de se perguntar o que te agrada e o que não te agrada é que a gente vai descobrindo o estilo que mora dentro de nós.

manual look diário7

manual look diário2

3- Esqueça todas as “regras” que você já ouviu até hoje.

Batom vermelho durante o dia? Paetê em plena quarta-feira ensolarada? Roxo com laranja? Tênis esportivo com blazer? E a resposta é apenas uma para todas as questões: se você quiser, por que não? Nós somos os nossos próprios estilistas e a boa notícia é que a moda não gosta de regras, pelo contrário, ela gosta de nos ver inventando. Então esqueça essas regrinhas chatas de pode e não pode e aprenda que, se for ajustado ao seu tipo de copo e a ocasião, tudo pode sim. O paetê de cor neutra com uma camiseta estampada e um salto preto fica perfeito para enfrentar uma quarta-feira ensolarada. O roxo conversa super bem com laranja, se ele estiver no sapato, o laranja no blazer e o resto for neutro. O tênis esportivo fica lindo com um shorts jeans despojado e um blazer coloridão. E por aí vai, com as adaptações necessárias a gente vai conquistando o look que a gente quer.

4- Um mundo de possibilidades

Para vestir-se no dia a dia sem perder o estilo precisamos quebrar as barrerias do pensamento que sempre acaba nos levando (principalmente na pressa) ao óbvio, à combinação segura de sempre. Esqueça o jeans com a T-shirt e a jaqueta colorida que você sabe que funciona e já usou umas quinhentas vezes. Experimente o jeans com uma regatinha e um blazer, coloque a T-shirt com um shorts e complemente com uma botinha, coloque a jaqueta colorida junto com uma camisa, amarre um lenço no pescoço, coloque uma saia e pronto, um look novo. Vá atrás de combinações inéditas com tudo que você tem no armário há anos. Pegue peças esquecidas e misture com as novas que você quer usar todo dia. Coloque acessórios que ficam esquecidos no fundo da gaveta. Experimente sapatos com peças de roupas que você não costumava combinar antes. É assim que a gente vai abrindo nosso leque para os looks do dia a dia. E acredite, a gente vai se soltando aos poucos. Daqui a pouco vão estar viciadas em novas combinações!

manual look diário4

manual look diário5

5- Os acessórios são seus maiores aliados!

De fato, tem dias que bate a pressa e não temos tempo de pensar muito no que vestir para ir ao trabalho, para faculdade ou para a escola e é aí que entram os melhores amigos das mulheres: os acessórios. Um look basicão ganha um toque de estilo quando colocamos um lenço, um cinto diferente, um maxi colar, um brinco chamativo, uma tiara diferente, um sapato ousado, uma bolsa de cor forte. São esses segredinhos que nos salvam durante a pressa e fazem um look nada pensado parecer super diferente e estiloso. Por isso, bora investir em muitos acessórios diferentes e criativos porque eles são um coringa e tanto.

manual look diário9

6- Nada de pensar na opinião alheia!

Antes de sair de casa, se olhe no espelho e pergunte a si mesma: Eu gostei? Tô bem? Não tem nada no look que esteja estranho? Se a resposta for sim, saia de casa tranquilamente sem neuras porque o importante é que estejamos bem com nós mesmos e nos sentindo incrivelmente lindas. Se eles vão achar nosso estilo estranho ou produzido demais é problema deles. Mas ao mesmo tempo saiba que algumas gafes podem ser evitadas, então também nada de sair palhaçona doida no meio da rua, achar que estar linda e não ligar para nada e nem ninguém. Nem demais, nem de menos, combinado? Alguns truques valorizam nosso corpo e evitam essas gafes, mas isso é assunto pra outro post.

7- Mas e se eu não consigo pensar em novos looks?

Relaxa, respira fundo que inspiração por aí tem de sobra. Tudo é válido, mas apenas uma fonte não basta. Entre em blogs, busque em revistas, em programas de tv, na rua enquanto anda por aí, tudo é inspiração. Vá atrás do estilo de blogueiras, pessoas comuns que se vestem para o dia a dia e também vá atrás do estilo das famosas que as vezes tem uma ajudinha pra se produzir mas que vamos confessar, sempre trazem ótimas combinações. Toda fonte pode nos ajudar a ter mais ideias para looks, pode nos ajudar a montar algo bacana com o que temos em casa. Então força de vontade e vamos atrás de looks que nos tragam inspirações e criatividade!

manual look diário12

manual look diário6

manual look diário3

Bom, falei demais para o meu tamanho. Montei esse manual através do meu interesse por moda, já que não sou profissional no assunto (ainda) mas penso que são dicas válidas para tornar mais prazeroso e mais divertido o ato de se vestir. Porque não precisa ser algo chata e mecânico, pelo contrário, deve ser gostoso, deve instigar a mente a ir em busca de elementos no look que interfiram na nossa maneira de ver o mundo. Exemplo: vestir um salto pode levantar sua auto estima depois daquela decepção amorosa, e uma bolsa de cor vibrante pode trazer a alegria que estava faltando no seu dia. Ou seja, vestir-se diariamente não deve ser uma obrigação mas uma diversão, combinado?

Espero que as dicas ajudem vocês a descobrirem seu próprio estilo e a montarem looks diários com mais facilidade e diversão. E aguardem porque vou preparar posts aprofundando em cada uma das dicas, o que acham? Porque a moda é uma delícia, genteeeee! hahahah

Não deixem, poooor favor, de me contar o que acharam do post, das dicas, do manual, se querem outros posts assim no estilo manual com dicas e tal, ou se querem saber mais sobre alguma das dicas, qualquer coisa. Comentem, ok? ❤

despedida de posy

 

 

 

 

Dica da Rebs: Transformando uma blusinha (ou um vestido) em bolsa!

Essa dica me fez ficar de boca aberta pensando: como nunca tive essa ideia antes? Achei em um site gringo, testei e aprovei, por isso vou compartilhar com você. Antes de mais nada precisamos esclarecer que não fica a melhor bolsa do mundo, já que tecidos são maleáveis e molinhos, mas dá pra diversificar quando a gente precisa de uma bolsa básica pra bater o dia e não acha nada que combine com a roupa. E o bacana é que você faz isso em menos de um minuto.

Trouxe tutorial usando 3 peças de tecidos diferentes pra testar e falar minha opinião. Confiram:

DSC04668

Vamos precisar de: Um vestido, uma bata ou uma blusa de alça (pode ser nadador) e um elástico de cabelo.

Camisola de seda:

DSC04669

DSC04670

Vire a camisola do avesso.

DSC04671

Junte a parte de baixo e prenda com um elástico. Lembrando que quanto mais pra cima você prender menor será sua bolsa.

DSC04672

Desvire a camisola para tirá-la do lado avesso e sua bolsa estará pronta.

DSC04674 DSC04676

Eu achei que com a camisola de seda deu super certo, foi a que eu mais gostei na verdade. Ficou molinha mas nem tanto quanto outros tecidos e acho que por ser de cor neutra ficou fácil de imaginar em alguns looks.

 

Vestido de chiffon:

Os passos são os mesmos!

DSC04677

DSC04678

DSC04680] DSC04681

DSC04682

 

O chiffon é um tecido muito fino e muuuuito molinho então quando você coloca o peso dentro da bolsa ela desce e fica enorme. Ficou bacana mas não sei se dá pra usar, talvez fique mole demais. Melhor tentar com outros tecidos.

Blusinha de linho (?)

Os passos são os mesmos!

DSC04683

DSC04684

DSC04687

DSC04689

DSC04691

Eu fiquei bem em dúvida quanto ao tecido. Parece um tricô de linha bem fininha, parece linho, parece tudo mas sei que ele é bem molinho também. Eu gostei muito do resultado principalmente pela cor. Achei que acende qualquer look.

Muito simples, né? Testem essa dica com vários tecidos pra ver se tem algum que fique ainda melhor. Creio que malha deve ficar ótimo mas eu não tinha nenhuma de alça pra testar.

Fica um charminho para o dia a dia né? Além de que não estraga a peça então você acaba ganhando duas utilidades para uma mesma peça de roupa. Espero que tenham gostado, meus amores. ❤

despedida de posy

 

 

Dica da Rebs: Como dormir melhor!

voceprecisadormir

Hoje nosso assunto é sono! Bom, esse assunto é delicado pra mim já que desde que me entendo por gente não durmo mais que 6 horas. E é claro que eu sei o quanto isso é prejudicial pra saúde física, mental e pra tantas outras áreas da vida, como por exemplo o aprendizado. Se você dorme pouco rende pouco durante o dia, não tem concentração, aprende metade do que conseguiria aprender se tivesse dormido bem, fica extremamente estressado (alô, eu!), tem dor de cabeça (alô, eu!) e muitas outras consequências. Mas decidi que quero mudar isso e tentar aos poucos ir dormindo mais cedo, até que meu organismo se adapte.

Foi pensando nesse meu grande problema e pensando que hoje em dia muitas pessoas reclamam de dormir pouco e tudo mais, que eu trouxe algumas dicas de como dormir melhor e de como ajudar a ir dormir mais cedo. Estão curiosos? Vamos lá!

1- Cama é pra dormir!

É preciso associar a cama ao sono apenas, porque quando se acostuma a fazer atividades como ler, comer, escrever (o que for) na cama perdemos essa associação de “lugar para dormir” e aí quando deitamos a sonolência demora muito mais. Por isso evite usar a cama para outros fins que não seja o sono.

2- Nada de eletrônicos!

Cerca de uma hora antes de deitar evite assitir tv, ouvir músicas muito agitadas ou fazer qualquer atividade que deixe o corpo acelerado. O ideal é escolher atividades que relaxem seu corpo e sua mente como ler um livro, escutar um som calminho. Isso ajuda a ir desacelerando sua mente para que quando se deitar o sono venha mais rápido.

3- Hora do chá!

Procure tomar um leite quente ou até mesmo uma chá de camomila ou erva doce, pois essa bebidas possuem algumas propriedades que ajudam a relaxar a mente e o corpo o que consequentemente vai trazer a calma e o sono.

4-Evite exercícios físicos durante a noite!

Recomenda-se que o exercício físico seja praticada até às 20h da noite, depois disso o seu corpo já precisa começar a desacelerar para uma boa noite de sono. A temperatura do corpo regula muito o sono, quando ela cai, a tendência é que tenhamos mais sono, e quando fazemos alguma atividade física a nossa temperatura sobe e é aí que o sono vai embora.

5- Nada de vira pra um lado, vira pro outro!

É preciso ir pra cama somente quando estiver sonolenta, já que ficar virando de um lado pro outro até pegar no sono te afasta ainda mais dele. Por isso se não estiver com sono mas precisar dormir recorra à alguma atividade que te relaxe como ler um livro, contar de trás pra frente somente números pares, imaginar um lugar tranquilo, calmo e quieto, essas coisas. Isso vai ajudar a trazer o sono mais depressa!

6- Banho morno já!

Tomar um banho morno antes de dormir traz aquele ar de limpeza e leveza para o corpo e isso faz com que a mente também relaxe, por isso tente sempre tomar esse banho quentinho antes de se deitar. É sono garantido!

7- Escurinho!

Procure deixar tudo apagado, ou se não conseguir, ligue apenas um abajur com luz fraca, já que uma luz muito forte deixa o cérebro ligadão e aí pronto, o sono demora décadas pra chegar.

Enfim, essas são as dicas mais bacanas que eu encontrei pela internet e decidi compartilhar com vocês. Espero que me ajude e que eu consiga mudar meus hábitos noturnos pra poder dormir melhor e espero o mesmo para aqueles que tem esse mesmo problema de sono. Espero que tenham curtido as dicas, amores! ❤

despedida de posy

 

 

Dica da Rebs: Suéter para os dias de meia estação!

DSC04423

Sabe aquele trágico dia em que está sol, porém não dá pra ficar sem blusa porque está frio? Quando não está nem quente demais, nem frio demais? Que a gente tira a blusa sente frio, coloca a blusa fica com calor? Pois acabaram-se os problemas! hahah Trouxe pra vocês uma dica de um suéter pra dias assim.

Pegue um suéter (tem que ser de lá ou de algum tecido fácil de cortar, ok?), passe em algum armarinho para comprar fitas de cetim (pode ser grossa, ou fina, tu que decide). Vá na caixinha de costura e pega linha, agulha e mão na massa!

passo 1 blusa

Comece marcando cerca de dois dedinhos (se você tiver dedo pequeno kkk, caso contrário meça apenas um dedo) e marque com uma canetinha. Dê um pequeno corte com a tesoura, pra marcar bem e a partir desse corte trace com a canetinha o traço de onde você vai cortar. Quanto mais aberto for o corte mais caída será seu suéter! Depois passe a tesoura sobre o traço de canetinha!

passo 2 blusa

Agora chegou a hora mais chatinha: costurar. Se você não manja muito, peça pra alguém te ajudar nessa parte, só não se machuque com a agulha, pelo amor! Corte um pedaço de fita de cetim para fazer a alça (aconselho a medir bem a altura da fita no seu ombro pra blusa não ficar muito pra baixo ou muito pra cima). E aí é só costurar a fita na parte da frente e na parte de trás do suéter (conte quatro dedinhos depois do ombro pra marcar onde vai ficar a alça). E TCHARAN: seu suéter de meia estação está pronto!

DSC04448

O legal é brincar com as cores. Dá pra fazer alça da cor que você quiser e que contraste com as cores do suéter, fica bem bacana!

DSC04442

DSC04445

DSC04446

DSC04453

E aí, gostaram da dica de hoje, meninas? Tentem fazer em casa e me mandem fotos que eu quero muito ver como ficou. Espero que todas fiquem lindas por aí com suéter de meia estação! ❤

despedida de posy

Dica da Rebs: Calça detonadinha é pra qualquer um!

Não importa se você curte mais usar salto, tênis, oxford, rasteirinha, calça detonadinha vai com qualquer estilo e com qualquer sapato. Pra provar isso eu fiz 5 fotos com calça destroyed, cada uma com um sapato diferente. Tudo isso é pra trazer inspiração pra vocês e pra mostrar que tanto faz se você acordou romântica fofa ou rockeira desleixada, você pode sim usar sua calça rasgada e ser feliz!

A dica de hoje, portanto é: não se limite a usar uma peça de roupa bacana (pode ser a calça detonadinha ou qualquer outra) por achar que só combina com tal sapato ou com tal blusa. Seja destemida e experimente diversas combinações, nos mais variados estilos porque é isso que torna a moda divertida e encantadora!

DSC04414

Sapatilhas!

DSC04415

Saltão!

DSC04416

Oxford!

DSC04419

Tênis!

DSC04420

Coturno!

E aí, curtiram as inspirações de sapatos e a dica de hoje? Curtam muito essa diversidade da moda, porque é a melhor parte dela. ❤

despedida de posy

Dica da Rebs: Válvulas de escape

Todos nós, meros seres humanos passamos por semanas difíceis, tensas, cheias de afazeres e preocupações. Me encontro em uma dessas semanas. São provas, trabalhos, além de problemas e preocupações pessoais. São semanas com certeza muito difíceis e parece que quando terminam só precisamos de um descanso e talvez passar uns dias na lua. Como ir pra lua não é assim tão fácil eu decidi compartilhar com vocês quais são as minhas válvulas de escape em semanas assim. Explico: vou mostrar pra vocês o que eu faço quando essas semanas acabam, pra eu poder me recompôr e pra esquecer de tudo que me estressou e me preocupou. Comigo funcionam e muito, viu? E minha dica de hoje é justamente essa: quando tudo apertar e você parecer não suportar mais o peso dos dias busque uma luz, em Deus, em quem te ama, em coisas que te fazem feliz e que te fazem bem, tanto pro corpo quanto pra mente e o coração.

 

valvula de escape

1- Assistir filmes cor de rosa: Filmes cor de rosa (saudades Nanda que me ensinou essa linda forma de chamar filmes fofinhos de menininhas) são, como eu já disse, esses filmes de menininhas que todos acham que são imbecis mas que eu amo muito porque me divertem, me encantam e me inspiram muito! Gosto de assisti-los quando quero esquecer meus problemas da vida e só sentir inspiração e fugir para um mundo mais fofo do que esse mundo real que eu tento tornar fofo. Enfim, em breve, se vocês quiserem faço uma lista dos filmes cor de rosa que eu mais amo assistir. É só vocês pedirem em comentários ou no face, ok?

2- Conversar com Deus: Esse na verdade deveria estar em primeiro lugar. Sou católica convicta e cheia de fé, por isso sempre converso com Deus. As vezes confesso que falho nas orações mas busco falar com Ele todos os dias e quando me sinto mal, angustiada, estressada ou prestes a enlouquecer é aí que eu converso com Ele mais ainda. Peço pra que Ele me dê forças pra aguentar a semana, que Ele me livre dos problemas e que eu possa estar com o coração cheio de sentimentos bons. Respeito a religião de todos, mas independente de qual é sua religião é sempre bom rezar, renovar o espírito e deixar que a sua fé possa te salvar das semanas duras de lidar.

3- Ler um bom livro: Livros nos levam para outras dimensões, para outros mundos e nos fazem sentir parte de toda a história, por isso são uma das melhores formas de “fugir” da confusão e da correria dos dias. Ler é sempre esquecer da vida e do que nos pesa.

4- Conversar e rir com a mamis: Minha mãe é minha melhor amiga, aliás todas as mães deveriam ser as melhores amigas de suas filhas. Quando converso com a minha mãe é sempre diversão e libertação. Eu desabafo, ela me aconselha, me mostra o caminho e faz parecer que tudo é mais simples do que parece, afinal quando se tem 17 anos qualquer garoa parece tempestade. E a gente sempre acaba rindo juntas e aí eu esqueço o quanto tô cheia de problemas. Então deixo a dica: não existe ninguém no mundo que possa te entender e te ajudar mais do que sua mãe, já que ela sempre (mesmo que não demonstre da melhor forma) vai querer seu bem.

5- Escrever sobre o que sinto: Quando escrevo parece que eu tiro de dentro de mim todas as minhas angústias, tristezas, preocupações e o que mais estiver incomodando meu coração. É escrevendo que a gente torna nossos pensamentos concretos e nós mesmos achamos uma esperança para tornar tudo melhor. Lembrem-se que palavras têm poder!

6- Estar com o Gui: Pera, esse nem precisava de descrição, né? Tem coisa melhor do que estar com quem a gente ama? Sei que não é momento pra melequices, mas eu amo estar com o Gui, poder rir com ele, conversar com ele, receber e dar muito carinho. Sentir-se amada é a melhor coisa da vida e com certeza nos afasta dos problemas. Sem contar que quando estamos juntos é sempre diversão garantida já que somos loucos.

7- Montar posts para a Estação 7: O blog me move, me restaura, me motiva sempre. Montar posts e me dedica à essa estação me traz alegria e satisfação. É uma das formas mais deliciosas que eu tenho de esquecer da vida.

Bom, meus amores, essas são algumas das minhas válvulas de escape, as formas como eu fujo das turbulências dessa vida doida. Quais são as válvulas de escape de vocês? O que vocês costumam fazer para se livrarem dos problemas do dia a dia? Me contem que eu quero muito saber! ❤

despedida de posy