Resenha: Não se apega, não! – Isabella Freitas

DSC07736  

Finalmente consegui começar a realizar esse sonho antigo de trazer resenhas pro blog. Queria antes de qualquer coisa me desculpas pelo ritmo lento dos posts, mas é que voltei agora e ainda estou me organizando pra deixar os posts mais legais e com conteúdos cada vez mais autênticos. Enfim, vamos então a resenha, meus amores. 

“Desapegar: remover da sua vida tudo que torne seu coração mais pesado.”

Esse é o lema que a Isabella traz no livro. Entre relatos de experiências de uma possível personagem fictícia (ou nem tanto, já que o nome da personagem é Isabella também, o que me faz pensar que tem muito da vida da própria autora nas histórias) e muitos conselhos no estilo auto ajuda, o livro nos abre os olhos para o verdadeiro sentido de amar e principalmente de desapegar. A leitura é fácil, vai te levando sem que você perceba porque tudo parece uma daquelas belas conversas íntimas que você tem com a sua melhor amiga que é mais madura que você. Foi assim que me senti, uma amiga da Bela que estava precisando ouvir (no caso, ler) cada palavra contida nessa obra prima, que aliás deveria ser obrigatória pra toda mulher. 

“Pra sempre é tudo aquilo que você vive por um período, pode ser apenas alguns segundos, mas que se eterniza na sua mente. Você pode ser “pra sempre” com alguém – mesmo que de modo passageiro.”

O livro contém 254 páginas, amareladas, cheirosas e sem letras espremidas o que torna a leitura mil vezes mas agradável, em minha singela opinião. A fonte dos capítulos é encantadora, e aliás, os nomes dos capítulos também são incríveis, dignos de serem citações. E o bacana também é que no fim de cada capítulo vem um balãozinho com uma citação dentro, como se fosse uma mensagem da Isa pra nós leitoras. Incrível e inspiradoras, por mais simples que sejam, é uma forma de desabafo mesmo sobre o que ela contou no capítulo. 

DSC07737

“E mesmo que o céu esteja desmoronando sobre nossas cabeças, ainda estaremos em meio às estrelas.”

Você começa lendo e já se identifica, porque afinal de contas, todas nós já passamos por algum sufoco na vida quando falamos do tal amor. E aí você continua lendo, e começa a rir, depois sente vontade de chorar, depois quer abraçar a Isa, depois quer conversar com ela, e acaba querendo agradece-la por tudo que ela te fez enxergar, por ela ter tratado o desapego da forma mais sincera, de uma forma diferente da que todos pensam. Desapegar é bom, faz bem pra alma, e não quer dizer ser ausente de sentimentos, mas saber dar valor aos seus próprios sentimentos, deixar pra trás tudo que te empurra pra baixo. Obrigada, Isa! ❤ 

“Aprendi que todas as pessoas são certas. Isso mesmo.Todas as pessoas que passam na nossa vida são, de alguma forma, certas e necessárias. Ali, naquele momento. Você precisa passar por elas para aprender alguma coisa.”

Enfim, isso é tudo que tenho a dizer. Comprem, leiam, devorem, guardem e releiam sempre, porque vale a pena. Qualquer dúvida ou se quiserem perguntar algo que esqueci de dizer sobre o livro podem perguntar nos comentários que responderei com um prazer imenso. Espero do fundo do coração que tenham gostado da resenha, e podem apostar que teremos muitas outras ainda. ❤

<

p style=”text-align:left;”>despedida de posy

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s