Dica da Rebs: Válvulas de escape

Todos nós, meros seres humanos passamos por semanas difíceis, tensas, cheias de afazeres e preocupações. Me encontro em uma dessas semanas. São provas, trabalhos, além de problemas e preocupações pessoais. São semanas com certeza muito difíceis e parece que quando terminam só precisamos de um descanso e talvez passar uns dias na lua. Como ir pra lua não é assim tão fácil eu decidi compartilhar com vocês quais são as minhas válvulas de escape em semanas assim. Explico: vou mostrar pra vocês o que eu faço quando essas semanas acabam, pra eu poder me recompôr e pra esquecer de tudo que me estressou e me preocupou. Comigo funcionam e muito, viu? E minha dica de hoje é justamente essa: quando tudo apertar e você parecer não suportar mais o peso dos dias busque uma luz, em Deus, em quem te ama, em coisas que te fazem feliz e que te fazem bem, tanto pro corpo quanto pra mente e o coração.

 

valvula de escape

1- Assistir filmes cor de rosa: Filmes cor de rosa (saudades Nanda que me ensinou essa linda forma de chamar filmes fofinhos de menininhas) são, como eu já disse, esses filmes de menininhas que todos acham que são imbecis mas que eu amo muito porque me divertem, me encantam e me inspiram muito! Gosto de assisti-los quando quero esquecer meus problemas da vida e só sentir inspiração e fugir para um mundo mais fofo do que esse mundo real que eu tento tornar fofo. Enfim, em breve, se vocês quiserem faço uma lista dos filmes cor de rosa que eu mais amo assistir. É só vocês pedirem em comentários ou no face, ok?

2- Conversar com Deus: Esse na verdade deveria estar em primeiro lugar. Sou católica convicta e cheia de fé, por isso sempre converso com Deus. As vezes confesso que falho nas orações mas busco falar com Ele todos os dias e quando me sinto mal, angustiada, estressada ou prestes a enlouquecer é aí que eu converso com Ele mais ainda. Peço pra que Ele me dê forças pra aguentar a semana, que Ele me livre dos problemas e que eu possa estar com o coração cheio de sentimentos bons. Respeito a religião de todos, mas independente de qual é sua religião é sempre bom rezar, renovar o espírito e deixar que a sua fé possa te salvar das semanas duras de lidar.

3- Ler um bom livro: Livros nos levam para outras dimensões, para outros mundos e nos fazem sentir parte de toda a história, por isso são uma das melhores formas de “fugir” da confusão e da correria dos dias. Ler é sempre esquecer da vida e do que nos pesa.

4- Conversar e rir com a mamis: Minha mãe é minha melhor amiga, aliás todas as mães deveriam ser as melhores amigas de suas filhas. Quando converso com a minha mãe é sempre diversão e libertação. Eu desabafo, ela me aconselha, me mostra o caminho e faz parecer que tudo é mais simples do que parece, afinal quando se tem 17 anos qualquer garoa parece tempestade. E a gente sempre acaba rindo juntas e aí eu esqueço o quanto tô cheia de problemas. Então deixo a dica: não existe ninguém no mundo que possa te entender e te ajudar mais do que sua mãe, já que ela sempre (mesmo que não demonstre da melhor forma) vai querer seu bem.

5- Escrever sobre o que sinto: Quando escrevo parece que eu tiro de dentro de mim todas as minhas angústias, tristezas, preocupações e o que mais estiver incomodando meu coração. É escrevendo que a gente torna nossos pensamentos concretos e nós mesmos achamos uma esperança para tornar tudo melhor. Lembrem-se que palavras têm poder!

6- Estar com o Gui: Pera, esse nem precisava de descrição, né? Tem coisa melhor do que estar com quem a gente ama? Sei que não é momento pra melequices, mas eu amo estar com o Gui, poder rir com ele, conversar com ele, receber e dar muito carinho. Sentir-se amada é a melhor coisa da vida e com certeza nos afasta dos problemas. Sem contar que quando estamos juntos é sempre diversão garantida já que somos loucos.

7- Montar posts para a Estação 7: O blog me move, me restaura, me motiva sempre. Montar posts e me dedica à essa estação me traz alegria e satisfação. É uma das formas mais deliciosas que eu tenho de esquecer da vida.

Bom, meus amores, essas são algumas das minhas válvulas de escape, as formas como eu fujo das turbulências dessa vida doida. Quais são as válvulas de escape de vocês? O que vocês costumam fazer para se livrarem dos problemas do dia a dia? Me contem que eu quero muito saber! ❤

despedida de posy

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s