À flor da pele: 17 anos

Quando eu tinha meus 10 anos, meu maior sonho era me tornar de fato uma adolescente, poder curtir festas, amigos, badalos, meu próprio dinheiro e toda a agitação que a vida de uma garota de 17 anos tem. Hoje eu estou com 17, cheia de dúvidas, confusões, problemas mal resolvidos, mil filmes pra assistir no fim de semana e nenhuma grana. A vontade de festas foi trocada pela vontade de conseguir conversar, com meus pais, com meu irmão, com meu namorado. Os vários amigos foram embora porque não eram amigos de fato, me sobraram os bons e fiéis que aliás me fazem muito feliz. Não estou dizendo que a pior coisa do mundo é ter 17 anos, mas é que quando se é mais nova parece bem melhor. E não basta o peso de ter que decidir quem serei daqui uns 4 anos, as mil e uma responsabilidades que a escola exige ( e que acredite, vão piorar no mercado de trabalho), a vontade incontrolável de tornar todos os seus planos reais, ainda tem a cobrança da sociedade. Você precisa ter sua própria personalidade e ela não pode atrapalhar as pessoas ao seu redor, ok? Você precisa se sair bem em tudo que fizer e tem que escolher uma carreira promissora, caso contrário será fracassada e seus amigos que vão pra federal caçoarão de você. Você tem que ser uma filha obediente, paciente, uma amiga equilibrada e compreensiva e uma namorada amável e disponível. Jogam tudo isso sem nem perceber e quando se dão conta já estamos a beira da loucura tentando controlar os hormônios, estudar pro vestibular E pra escola, encontrar nossa própria personalidade, remoer os sentimentos ruins, aflorar os bons, decidir nosso futuro e ainda encontrar tempo para o namorado, para a família e para fazer as coisas que ama. Fácil? Nem um pouco. E não importa se você não para em casa um segundo ou se passa o dia todo em casa, acredite, ser adolescente nunca é fácil. Isso aqui não é sobre nos colocar como vítimas, pelo contrário, é fazer com que percebam que merecemos gentilezas e muita compreensão. Adolescente precisa de conversa, de alguém que pergunte sobre como se sente em relação às mil dúvidas e confusões que surgem na mente, de alguém que os toque o coração e os faça sentir importante nessa humanidade. Adolescente precisa de alguém que tenha tempo pra conversar olhando nos olhos, disposto a esclarecer e mostrar um caminho, de alguém que cobre menos e ofereça mais. Adolescente precisa de alguém que o compreenda no seu jeito de ser e que não imponha apenas uma escolha. Adolescente precisa enxergar que ele não precisa ser só um, porque ainda há tempo de ser todos que quiser ser. Há tempo de errar e voltar atrás, há tempo de dar meia volta e começar de novo se for preciso. Há tempo de caminhar atrás dos sonhos desde já, há tempo de conhecer todos os amores até descobrir o verdadeiro. Há tempo de ser quem você quiser, independente do que seus amigos (e principalmente seus inimigos) dizem. Porque lá na frente eu sei que sentiremos saudade, das dúvidas, dos hormônios que nos deixam sem medo de nada, dos amores, das festas, e até do esforço com os estudos. Lá na frente precisaremos trazer um pouco da alma do adolescente, pra não levar a vida tão a sério, pra ter uma ideia genial no trabalho, pra saber aproveitar os momentos. Porque nós adolescentes temos essa alma que valoriza o momento, que aprecia o riso, o estar com os amigos, os sonhos. Temos essa alma que quer viver mais e pensar menos. E um dia, lá no futuro, quando a vida apertar precisaremos deixar de pensar para então voltar a viver.

assinatura

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s