Nail art da semana: Quem é você, Alasca?

DSC07231

Trouxe um combo pra vocês hoje, meus amores: Nail art + resenha de livro! Isso porque minha nail art dessa semana é totalmente inspirada no livro Quem é você, Alasca? Contarei para vocês do que o livro trata, minhas opiniões sobre o livro e no fim de tudo vocês vão entender essa relação da nail art e tudo mais.

Bom, pra começar é importante lembrar que esse foi o primeiro romance de John Green e que foi também o primeiro ( e único até agora) livro dele que eu li. Sobre a maneira como ele escreve: Sim, todos os comentários que você já ouviu sobre ele são reais. Ele realmente tem uma maneira de escrever leve e diferente. Torna fácil e gostosa a leitura, te prende de uma maneira linda. Sobre a história: é com certeza interessante. O livro traz a história de Miles Halter. Um menino solitário que se muda para um colégio interno, o Culver Creek, e lá conhece e fica muito amigo de seu colega de quarto, o Coronel. Além do Coronel ele conhece também Takumi, Lara e a Alasca Young. Essa sim é a estrela da história. Uma garota rebelde, ousada e diferente. Alasca  impulsiona Miles ao seu Grande Talvez.

É uma história sobre a amizade deles, e sobre um amor que quase não parece um amor. Miles vive várias aventuras com essa turma de amigos, aventuras que eu e você já quisemos viver um dia. Ele prova da liberdade e de toda rebeldia que essa adolescência instiga em nós. E entre tantas aventuras há momentos em que Miles se vê louco e fascinado por Alasca, em outros ele tem vontade de estrangula-la. Não é um amor angelical, puro, cheio de lenga lenga. É um amor radical, real e muito atual. Com o decorrer da história você acaba se sentindo parte da turma, envolvido totalmente com os acontecidos e principalmente com os sentimentos do Miles. E no fim você se surpreende, aprende lições e se entristece por ter que se despedir dessa história sensacional.

O que tenho a dizer sobre o livro é isso, que vale a pena cada linha dessa leitura. Quanto à nail art, bom, esse tom azul me lembra muito John Green, talvez pela capa do livro A Culpa é das estrelas (cujo ainda não li). As flores do dedo anelar eu escolhi porque as margaridas são citadas na história e porque tem bem na capa do livro, então margaridas sempre me lembra a Alasca. Os brilhos no dedo médio é porque isso significa a Alasca. Ela é brilhante e muito interessante! Quanto a nuvem com as gotas de chuva é pela famosa frase do livro: “(…) que se as pessoas fossem chuva, eu seria garoa e ela um furacão.” Bom, é isso. Uma nail art significativa acima de tudo.

“Quando os adultos dizem: “Os adolescentes se acham invencíveis”, com aquele sorriso malicioso e idiota estampado na cara, eles não sabem quanto estão certos. Não devemos perder a esperança, pois jamais seremos irremediavelmente feridos. Pensamos que somos invencíveis porque realmente somos. Não nascemos, nem morremos. Como toda energia, nós simplesmente mudamos de forma, de tamanho e de manifestação. Os adultos se esquecem disso quando envelhecem. Ficam com medo de perder e de fracassar. Mas essa parte que é maior do que a soma das partes não tem começo e não tem fim, e, portanto, não pode falhar.” – Quem é você, Alasca?

Leiam, porque é bom demais! ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s