Palavras soltas ao vento: Visão turva

“Medo, uma palavra curta que pode causar estragos maiores que nossa própria imaginação. Aliás, não seria o medo originado da nossa pura imaginação? A visão fica turva de repente e entre a curva feita no coração e o suor frio das mãos a gente desiste, deixa pra trás e prefere se esconder. Talvez não seja a melhor opção entre tantas que podem ser encontradas dentro de seu próprio ser. O medo costuma ser quieto, chega sem aviso prévio e desbaratina, não de uma forma boa como o amor. Te impede de ir em frente, de alcançar lugares que antes pareciam tão distantes, de conhecer pessoas que valiam a pena, de sentir intensamente sentimentos que você ainda nem sabia que poderia sentir. Os sonhos se dissolvem nas mãos de uma ideia fixa criada por nossas mentes educadas para se amedrontar, e não falo do bicho papão, mas da insegurança, do desconhecido, da mudança. Nada assusta mais que o incerto. E as vezes o incerto pode ser a escolha mais certa de nossas vidas, mas jamais saberiamos se não houvessemos tentado. Deixar o medo pra trás, expulsa-lo de nossas mente e então seguir em frente. Ir em busca do que se quer com uma coragem tão grande que todos ficarão surpresos. Não há nada que não possamos alcançar, se acreditarmos com todas as forças que o impossível acontece diante dos nossos olhos o tempo todo, nós é que somos cegados pelo medo, pelo tempo, pela pressa. Chegaremos onde quisermos, sonharemos tão alto que tocaremos o mais alto céu e seremos sim o que quisermos ser. Afinal, somos todos infinitos.” – Escrito por: Rebeca Chaves

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s