Palavras soltas ao vento: O que sempre se deve saber sobre o amor.

“Parece ter um buraco no peito. Falta algo, ou talvez alguém. Cadê a cor do meu mundo triste? Ok, talvez não tão dramático assim. A busca incansável por um relacionamento certo e estável, a busca pelo cara que pregam os filmes, aquele cara que vai te amar mesmo com tantos defeitos, que vai te ouvir, que te amar infinitamente, vai te fazer feliz todos os dias e vai te fazer viver como num sonho. Será que ele existe? Onde ele está? Talvez buscar tanto esteja mesmo atrapalhando.Talvez a falta desse amor seja mais sobre você do que sobre o tal cara. Já pensou no quanto você se ama? No quanto tem se preocupado consigo mesma? Existe uma frase que diz que você precisa se amar primeiro para que possa viver um grande amor, e embora pareça clichê isso é a mais pura verdade. Correr atrás de um amor, seja ele alguém expecífico ou não, só te fará delirar, amargurar, entristecer e esquecer o quanto a vida pode ser bela enquanto se espera o amor. Porque acredite, o segredo é ir viver e parar de procurar. O amor nos encontra e não curte esse lance de ser encontrado, e você precisa aceitar isso. No dia em que você olhar pra si e se apaixonar pelo que vê, no dia em que se aceitar com todos os seus defeitos e qualidades, no dia em que você se encontrar consigo mesma aí o amor aparece, quando não estiver esperando. Claro que não cai do céu, muitas vezes é preciso mecher os pauzinhos, mas isso não inclui fazer a louca desvairada e buscar obssessivamente o amor da sua vida. Um dia você vai estar andando pela rua, pensando sobre a vida e então alguém virá à sua mente, seu coração vai bater mais forte, suas mãos vão suar e você vai sentir algo diferente no estômago. Você vai se aproximar cada vez mais, vão se conhecer, podem vir altos e baixos, pode ser fácil ou incrivelmente difícil, mas no fim de toda a história vocês estarão juntos e o melhor de tudo, felizes. Amores são diferentes uns dos outros. Não existe fórmula ou razão quando se trata do amor. Não existe processo científico ou 7 passos para encontar o amor. É o sentimento mais belo e puro do mundo. O amor tem essa coisa instigante de ser tão simples e tão complexo ao mesmo tempo. Tem essa coisa de nos encantar, e nos encontrar. Talvez eu tenha dito tudo que você já sabia, mas fale a verdade, é sempre bom lembrar que amor não dá pra procurar. E para finalizar essas tantas palavras sobre um único sentimento, deixo aqui uma última lição de quem com toda certeza já encontrou o amor da sua vida. Esses caras impecavelmente perfeitos que vocês vêem nos filmes, bom eles não existem. Mas existe alguém, ser humano como você, com qualidades e muitos defeitos, com manias irritantes e com problemas estressantes. Alguém de carne e osso, assim como você. Alguém que apesar de se parecer tanto com você pode ser a pessoa mais oposta a ti. Alguém que mesmo não sendo como o cara que viu no filme, vai ser muito melhor do que você sempre sonhou. Ele vai te puxar pra perto, vai te fazer tocar nas nuvens e vai te fazer feliz a cada dia que passar. Ele saberá tudo sobre você e vai te amar mesmo assim. Ele vai ser a pessoa que nasceu pra você, mesmo não sendo quem sempre sonhou. O amor é assim. Cheio de imperfeições, mas com a tremenda capacidade de te fazer feliz. E ele chega, acalma que um dia chega. Só siga em frente, com um sorriso estonteante, se permita mais do que se limita e verás que tudo pode acontecer. ” – Rebeca Chaves

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s