Palavras Soltas ao Vento: Qual a idade da humanidade?

As vezes paro e me pergunto…quantos anos a humanidade tem? Falo da idade da alma, do pensamento, do caráter e principalmente do coração. Há quem se julgue tão maduro, mas no fundo não sabe nada da vida. Há quem se julgue tão superior, mas no fundo não percebeu que somos todos menores do que gotas no oceano. Há quem se julgue tão culto, mas no fundo é só mente. Cadê o coração? Há quem se julgue tão bondoso, mas não semeia a paz nem em sua própria casa. Há quem se julgue tão esperto, mas no fundo ainda tem muito que aprender e não na escola, mas com a vida. Porque tem coisa que só a vida ensina. Tem coisa que a gente aprende sozinho, com as próprias experiências, riscos, medos. Aprende na pele. Mas ainda me pergunto, quantos anos temos? Temos a idade que deveríamos ter? Nossas atitudes têm correspondido com os anos que vivemos? Vejo jovens de 80 anos e velhos de 16. É preciso repensar, não apenas nos deixar pela razão e ter um coração. Precisamos parar de julgar o outro, mas antes precisamos parar de julgar a nós mesmos como se fossemos mesmo a cereja do bolo, o topo do mundo. Aprendemos a olhar os defeitos dos outros e desaprendemos a reconhecer e consertar nossos próprios erros. Mais maturidade a humanidade. Mais inteligência nas palavras. Mais pureza nas atitudes. E principalmente, mais amor e humildade no coração. O mundo não precisa de julgamentos, o que o mundo precisa é se abraçar.

mundo

Anúncios

2 comentários sobre “Palavras Soltas ao Vento: Qual a idade da humanidade?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s