Palavras soltas ao vento: Sobre o novo.

O novo muitas vezes pode ser difícil. Por não saber o que vem, por não saber se serei capaz de cumprir as mil metas que já tracei na minha mente. Mas acho que hoje o novo me parece bom, muito bom. Exatamente pelo fato de eu não saber nada sobre ele. Se terei boas surpresas, se alcançarei meus objetivos, se descobrirei meus dons, se farei novos amigos, se reencontrei os antigos, se choverá ou se fará sol. Não sei de nada e gosto disso. Gosto da surpresa, do cheiro de coisa nova vindo, da esperança que os dias trarão. 365 dias estão agora em minhas mãos e como é bom joga-los ao vento com um sorriso no rosto e com uma esperança boa de que Deus vai cuidar deles melhor do que eu. Porque cada passo meu, cada dia do meu ano é Dele e Ele sabe que pode fazer o que bem entender. Eu vou apenas caminhando contra o vento, com um brilho no olhar, com esperança no peito e força no coração. Porque embora eu não saiba nada sobre o novo, já vivi o bastante pra saber que nada pode ser bom pra sempre, que existem altos e baixos, mas quer saber, eu to mesmo é afim de subir e descer, de viver e aprender. Eu quero mesmo é a intensidade de amadurecer a cada ano que passar. Houve época em que eu fazia planos, e vivia para esperar que eles acontecessem. Hoje eu vivo sem planejar, o que vier é lucro, é lição, é aprendizagem. Seja como for, pode vir que eu tô pronta! – Escrito por: Rebeca Chaves

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s